As listras azuis

Eu sabia! Sabia que ia dar certo! A médica me disse, assim que me deu o diagnóstico, para não entrar em nenhum fórum e não ler nenhum depoimento. Óbvio que não obedeci e dois dias mais tarde estava mais triste que nunca e, aquilo que nunca tinha sido meu sonho, passou a ser prioridade na minha vida. Apenas porque em todos os lugares dizia que seria impossível.

Sou teimosa. Sempre me dizem isso. Continuei em todos os grupos, apenas para provar a todos que era possível. Claro que segui todas as regras. Ou quase todas. Já tentou cortar o glútem, o álcool, o açúcar e os industrializados da dieta?32446,1102674648

A lista de coisas a se fazer era imensa. Rosa vermelha secando ao sol, guardada em um saquinho ao lado da cama? Feito. Domingo de noite acendendo uma vela passada no mel sob um pratinho branco? Feito. Bilhetes com meu nome e o mês de outubro colocados ao pé do santo? Feito. Sapatinho de algodão guardado junto das minhas calcinhas? Feito.

Aprendi a usar o calendário a meu favor, a deitar com as pernas para o alto e a me animar sempre em dia de lua cheia às 23h. E funcionou! Acaba de aparecer as duas listras azuis. Na verdade é a sexta que aparece. É a terceira vez que repito o teste. Duas azuis. Duas! Não falei que ia dar certo?

 

Link Sweek: https://sweek.com/s/AQUHBwlsCAAFBQ4OBwYHDWYCCA==/GabiB/As-listras-azuis

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s