Há poucos dias a influencer Bela Gil anunciou seu mais novo produto: a Bela Baby Box, uma caixa de papelão colorida recheada de produtos para o recém-nacido. Legal, né? Mas… acho que já vi algo parecido por aqui!

Foto: Loja Morada da Floresta – divulgação

A ideia da Bela foi inspirada nas caixas que a futuras mamães recebem aqui na Finlândia, a famosa caixa maternidade (äitiyspakkaus em finlandês). Uma iniciativa do governo finlandês nos anos 40, época em que a taxa de natalidade estava caindo e a mortalidade infantil era alta. Inclusive, falamos disso no post sobre o aborto!

Quando foi inventada, em 1938, a bolsa maternidade (chamarei assim em alusão às bolsas brasileiras) era destinada apenas à mulheres de baixa-renda. Na época as gestantes podiam optar por receber uma caixa contendo itens ou dinheiro (450 marcos finlandeses), era possível também receber uma junção dos dois. A única exigência era de que o acompanhamento pré-natal estivesse acontecendo.

Alguns anos depois, em 1949, o benefício foi expandido a todas as futuras mamães. A exigência seguia sendo a mesma: pré-natal em dia. O resultado dessa nova política, que parece tão simples, é incrível: a Finlândia é um dos países com o menor número de mortalidade infantil do mundo!

Desde então, muitos bebês já chegaram ao mundo tendo o que vestir e onde dormir (a caixa também pode ser usada como bercinho!), além de terem sua saúde checada desde a barriga da mãe.

Os itens mudaram e seguem mudando ao longo dos anos, tudo para acompanhar as novas demandas. A caixa é unissex e vem com 43 itens que vão desde roupas, materiais de higiene e outros objetos como livro, babeiro…

Foto: KELA – caixa 2022

Como receber o benefício?

Para poder receber o benefício, a gestante precisa:

  • Ter residência permanente na Finlândia (ter direito ao sistema de seguridade social);
  • Ter feito ao menos uma consulta pré-natal antes de completar 4 meses de gravidez (antes da semana 18);
  • Ter em mãos um certificado dado pelo médico ao completar ao menos 154 dias de gestação (5 meses), esse certificado é entregue durante a consulta.

Com o certificado em mãos, a solicitação é feita através do site do Kela (formulário apenas em finlandês e sueco). O pedido deve ser feito no máximo até dois meses antes da data prevista para o parto.

É possível solicitar a caixa maternidade ou um valor em dinheiro (170€, 2022). Apenas um terço das gestantes optam pelo dinheiro.

Legal, né? Essa é uma iniciativa que acredito que todos os países deveriam copiar. Tem coisa mais gostosa que receber um carinho desses antes mesmo do bebê nascer?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s